Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5


Os Hospitais de Emergência e Trauma de João Pessoa e Campina Grande lançarão nesta segunda-feira (4) campanhas destinadas à prevenção às queimaduras, acidentes que se tornam mais comuns nesta época de festejos juninos. Em Campina, a campanha terá o slogan “São João na Boa” e será lançada na Escola Estadual Itan Pereira, enquanto que em João Pessoa o lançamento ocorrerá às 10h, no auditório do hospital, com o slogan “Marcas que Ficam para Sempre”.

No Trauma-JP, a equipe da Unidade de Terapia de Queimados (UTQ), coordenada pelo médico Saulo Montenegro, dará uma entrevista coletiva à imprensa. No decorrer da campanha, haverá distribuição de panfletos e folders com orientações sobre prevenção, palestras em escolas e exposição de casos críticos de queimados atendidos na instituição. “Ao longo desses 10 anos de campanha já conseguimos reduzir os números de entrada de queimados no Hospital durante o período junino, contudo ainda é algo que precisa ganhar mais força”, explica o médico Saulo Montenegro.

Segundo a coordenadora da unidade de queimados, Andréa Borges, a principal recomendação se dirige às crianças, principalmente no manuseio de fogos de artifício, ou até mesmo dentro de casa, na área da cozinha, onde se concentram itens de risco, a exemplo do fogão e líquidos quentes.

“A prevenção evita que acidentes mais graves. Por isso, esperamos que a campanha seja uma fonte esclarecedora dos riscos de acidentes domésticos, e que a partir dessas informações a população atente para as consequências das queimaduras”, argumenta.

Números – No ano de 2010, o Hospital de Trauma de João Pessoa recebeu mais de 1.400 pacientes vítimas de queimaduras, uma redução de 17% se comparado com o mesmo período de 2011, quando foram atendidos 1.200 pacientes queimados. Nos quatro primeiros meses de 2012, o Trauma recebeu em torno de 400 pessoas queimadas.

O índice de vítimas de queimaduras no período junino tem diminuído no decorrer dos anos. Em junho de 2011 houve queda de 33%, sendo atendidos 120 pacientes, enquanto que no mesmo período de 2010 foram 179.

Dicas – Os coordenadores das duas campanhas orientam os pais a tomarem alguns cuidados para evitar que a festa termine em tragédia: em caso de queimaduras, os pais devem evitar utilizar medicamentos sem consulta médica e, constatado o problema, o ideal é procurar imediatamente o Hospital de Trauma.

Segundo os médicos, não se pode usar creme dental, café, açúcar, vinagre ou outro produto similar, pois isso prejudica ainda mais o ferimento. Logo que a pessoa for queimada deve-se colocar a área atingida embaixo d’água. No setor especializado, o Hospital de Trauma conta com uma equipe de 8 cirurgiões plásticos, 9 enfermeiros, 13 técnicos de enfermagem, nutricionistas, psicólogos, assistentes sociais e fisioterapeutas.

Os Hospitais de Trauma de João Pessoa e Campina Grande possuem Unidades de Terapia de Queimados com atendimento ambulatorial e hospitalar. O telefone do Trauma-JP é 3216.5700 e o do Trauma-CG é 3310.5850 – Ramal 5906.

Como prevenir

• Fogos de artifício devem ser manipulados por profissionais e nunca por crianças;

• Nas festas juninas não permita brincadeiras com balões ou de saltar fogueira;

• Mantenha a criança longe da cozinha e do fogão, principalmente durante o preparo das refeições;

• Cozinhe nas bocas de trás do fogão e sempre com os cabos das panelas virados para trás, para evitar que as crianças virem os conteúdos sobre elas;

• Evite carregar as crianças no colo enquanto mexe em panelas no fogão ou manipula líquidos quentes;

• Quando estiver tomando ou segurando líquidos quentes, fique longe das crianças;

• Durante o banho do bebê: coloque primeiro a água fria e verifique a temperatura da banheira com o cotovelo ou dorso da mão;

• Não deixe as crianças brincarem por perto quando você estiver passando roupa nem largue o ferro elétrico ligado sem vigilância. Cuidado com os fios dos outros eletrodomésticos. Se possível, mantenha-os no alto;

• As tomadas devem estar protegidas por tampas apropriadas, esparadrapo, fita isolante ou mesmo cobertas por móveis;

• Fios elétricos devem estar isolados e longe do alcance das crianças;

• Não deixe fósforos, isqueiros e outras fontes de energia ao alcance das crianças;

• Guarde todos os líquidos inflamáveis em locais altos e trancados, longe do alcance das crianças

• Nunca jogue álcool engarrafado sobre chamas ou brasas, nem utilize este produto para cozinhar. O álcool poderá explodir, provocando queimaduras graves ou até fatais;

• Velas ou candeeiros acesos em móveis de madeira, perto de cortina, mosquiteiro ou colchões podem causar incêndio em poucos minutos

portal correio com secom\pb

«
Recente
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Faça um comentário

Comentários desrespeitosos não serão tolerados. Antes da publicação seu comentário passa por avaliação, sujeito a aprovação ou não.

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal da pessoa responsável pelo comentário. O Santa Rita em Foco não se responsabiliza.


Top