Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

Ex-dirigente diz que Qatar ofereceu dinheiro a Fifa para ser escolhido como sede da Copa

Phaedra Al-Majid afirmou ter testemunhado oferta de dinheiro para membros da entidade responsável pela realização do evento
Divulgação
Estádios da Copa do Mundo de 2022, no Qatar
A ex-dirigente do comitê de candidatura do Qatar como sede da Copa do Mundo de 2022 assumiu que o país ofereceu suborno a Fifa para ser escolhido. A informação é do jornal Folha de S. Paulo. De acordo com a publicação, Phaedra Al-Majid afirmou ter testemunhado oferta de dinheiro para membros da entidade responsável pela realização do evento.
“Eu presenciei em Angola a oferta de US$ 1,5 milhão a três africanos do comitê executivo da Fifa em troca de votarem pela candidatura do Qatar”, disse a ex-dirigente. Ela foi uma das principais colaboradoras na investigação que busca apurar denúncias de corrupção no processo que fez o Qatar levar a melhor sobre os Estados Unidos, Coreia do Sul, Austrália e Japão. A investigação foi designada pelo comitê de ética da Fifa e é conduzida pelo ex-promotor norte-americano Michael Garcia.

“Fui demitida porque eles me culpavam por qualquer coisa que saía na mídia contra a candidatura. O que eles não entendiam - e talvez agora entendam - é que podem controlar a imprensa árabe, mas não a internacional”, completou.

Segundo Phaedra Al-Majid, o ex vice-presidente da Fifa, Mohamed Bin Hammam, teve papel crucial na negociação. Ele é suspeito de dar dinheiro a membros da entidade em troca de votos para o país asiático. “Eu era a testemunha: o Hammam foi parte integral do processo do Qatar. Era o nosso lobista-chefe da candidatura”, garante a ex-dirigente. A Federação e os árabes, por sua vez, dizem que Hammam agiu por conta própria e que o suborno aconteceu em razão de interesses pessoais.


Nenhum brasileiro foi mencionado por Phaedra Al-Majid durante as investigações.

Fonte: http://portalcorreio.uol.com.br/

Comerciantes já anunciam reservas para o Réveillon e tenda pode custar R$ 750 na Capital

Quem deixar para reservar de última hora certamente poderá ter dificuldades
Jornal Correio da Paraíba/Mano de Carvalho
João Pessoa recebe Ano Novo com queima de fogos
Faltando exatamente 37 dias para a chegada do Ano Novo, a corrida para o aluguel de mesas para festejar a chegada de 2015 na orla de João Pessoa começou. O preço das tendas para o Réveillon está variando de R$ 550 a R$ 750, mas ainda há a opção de alugar mesas ar ao livre por R$ 100. Alguns bares, restaurantes e lanchonetes já colocaram faixas com telefones para reservas. Quem deixar para reservar de última hora certamente poderá ter dificuldades.

No Quiosque da Zezé, localizado no Cabo Branco e que desde 2002 disponibiliza tendas e mesas na beira-mar para aluguel, a procura já está grande. De acordo com o dono do estabelecimento, Antonio Alves Duarte, mais de 30% das mesas oferecidas já foram reservadas. Conforme o comerciante, alguns clientes já deixaram a reserva feita desde o último Réveillon.

“Muita gente já deixou reservado desde o ano passado. Tem clientes que desde 2002 reserva mesas com a gente. Este ano já teve gente do Acre que ligou e reservou. Temos muitos clientes que vêm de longe e querem garantir um bom lugar para ver a queima de fogos”, contou.

Os preços variam de R$ 100 a R$ 750, dependendo da quantidade de mesa e se ela ficará embaixo de uma tenda ou se será colocada ao ar livre. “Há tendas com mesas para 24 pessoas que custa R$ 750, para 20 pessoas (R$ 650) e para 16 (R$ 550). Já para as mesas ao ar livre, com localização de frente à queima de fogos, estamos cobrando R$ 100 para quatro pessoas”, explicou o comerciante.

Além do Quiosque da Zezé, lanchonetes e restaurantes também já iniciaram as reservas de mesas.

Fonte: http://portalcorreio.uol.com.br/

Homens armados assaltam agência dos Correios em cidade da Paraíba

Na fuga, os bandidos fizeram um homem de refém e o libertaram na entrada da cidade. A PM 
informou que os homens estavam em uma caminhonete e saíram em direção a Pernambuco
Reprodução/Paraíbamix
Bandidos anunciaram assalto dentro da agência
A agência dos Correios do município de Livramento, no Cariri paraibano, foi assaltada por quatro homens fortemente armados, na tarde desta terça-feira (25). Segundo a Polícia Militar, na fuga, os bandidos levaram um refém, que foi solto na entrada da cidade.

De acordo com a PM, antes de entrarem na agência dos Correios os bandidos percorreram ruas da cidade e efetuaram disparos. No interior da agência, eles anunciaram o assalto e levaram um malote.

A PM informou que os homens estavam em uma caminhonete com placas do Rio Grande do Norte e saíram em direção a Pernambuco.

Fonte: http://portalcorreio.uol.com.br/

Suspeito de matar aluna em escola de JP é apreendido em escritório de advocacia

Menor estava na companhia da mãe e de uma prima, na presença de um advogado, quando já se preparava para se entregar à polícia
Divulgação
Estudante não resistiu aos ferimentos
A Polícia Militar realizou a apreensão do adolescente de 15 anos, suspeito pela autoria do atentado que vitimou uma menor nas dependências da Escola Municipal Violeta Formiga, que fica na comunidade Jardim Mangueira, bairro de Mandacaru, em João Pessoa. A ação ocorreu na tarde deste domingo (23), no Centro da Capital.

Segundo o tenente Gama, do 1º Batalhão da PM, oficial que encontrou o adolescente e procedeu com a apreensão, denúncias indicaram o local onde o mesmo estaria. Ele foi localizado em um escritório de advocacia, situado na Avenida João Machado, onde estava na companhia da mãe e de uma prima, na presença de um advogado.

“Não houve resistência à apreensão. Conversamos com a mãe dele e vimos que a família já estava se preparando para que ele se entregasse. Estamos o conduzindo para a Delegacia do Menor Vítima, onde se encontra o delegado plantonista”, contou o tenente, acrescentando que a arma utilizada no crime ainda não foi apreendida e esse assunto será tratado com o menor no depoimento posterior do mesmo.

Ele foi levado para o Centro de Educação do Adolescente (CEA), em João Pessoa, na noite desse domingo. O encaminhamento para a unidade foi feito por volta das 18h50, após o suspeito ser ouvido pela juíza Thana Michelle Carneiro Rodrigues.

A menor assassinada sofreu três disparos de arma de fogo. A ação criminosa foi registrada pelo circuito interno de câmeras da escola. Ela ainda foi socorrida para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, onde passou por procedimento cirúrgico, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu.

Fonte: http://portalcorreio.uol.com.br/

Pai morre depois de salvar dois filhos de afogamento em praia urbana de João Pessoa

Ainda na praia, pessoas tentaram realizar procedimentos de salvamento, fazendo respiração boca a boca e massagem cardíaca
Reprodução/Instagram/moficorreio
Banhistas ainda tentaram salvar o homem
Um homem morreu por afogamento após salvar dois filhos na praia do Bessa, em João Pessoa, neste domingo (23). Uma das crianças está em estado gravíssimo.

Segundo testemunhas, o homem já foi retirado do mar sem respirar. Imediatamente, pessoas tentaram realizar procedimentos de salvamento, fazendo respiração boca a boca e massagem cardíaca. Nesse momento, ele teria expelido grande quantidade de água pela boca.

O Serviço de Atendimento Médico de Urgência realizou a condução do homem, bem como de seus dois filhos para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena. De acordo com o Samu, o homem já chegou sem vida à unidade hospitalar.

Conforme boletim divulgado pelo Hospital de Emergência e Trauma da Capital divulgado na manhã desta segunda-feira (24), uma das crianças vítimas de afogamento segue internada em estado gravíssimo. Ela tem apenas 4 anos. A outra, de 6 anos, passou por procedimentos médicos e ficou em observação até às 3h desta segunda, quando recebeu alta hospitalar.

Fonte: http://portalcorreio.uol.com.br/

Pente fino encontra 44 celulares, 46 carregadores e drogas no Presídio Silvio Porto, na Capital

Materiais estavam com os apenados. Secretário da Administração Penitenciária da Paraíba, Walber Virgolino, disse que operações vão continuar em todos os presídios da Paraiba
Reprodução/Whatsapp/Aspirante Zé Carlos/
Cerca de 44 celulares foram apreendidos durante o pente fino
Uma operação pente fino, realizada na manhã desta segunda-feira (24), na Penitenciária Desembargador Silvio Porto, na Capital, encontrou e apreendeu 43 celulares, 46 carregadores e uma quantidade de drogas que estavam em posse dos detentos.

De acordo com o diretor adjunto do Presídio Silvio Porto, José Rodolfo, a operação pente fino é rotineira envolveu os agentes penitenciários. “Apreendemos 43 celulares, 46 carregadores, fones de ouvido e também pequena quantidade de maconha, cocaína e medicamentos. Vamos continuar as operações de fiscalização buscando sempre barrar a entrada desses materiais”, disse.

Segundo o secretário de Administração Penitenciária da Paraíba, Walber Virgolino, as operações pente fino devem continuar ocorrendo em todos os presídios da Paraíba. “Isso faz parte de uma determinação nossa de intensificar as operações pente fino e reforçar a fiscalização de entrada dos materiais ilícitos nos presídios. Sempre que possível iremos realizar estas operações”, afirmou.

Fonte: http://portalcorreio.uol.com.br/

Bombeiros treinam uso da autoplataforma aérea no combate a incêndios e resgate em até 41 andares

Segundo capitão do Corpo de Bombeiros, autoplataforma possui ferramentas para operar em declives de até cinco metros abaixo do nível da viatura
Divulgação/Secom
Autoplataforma alcança até 55 metros de altura
Oficiais do Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba (CBM-PB), que coordenam serviços operacionais, participaram na manhã desta sexta-feira (21), de um treinamento sobre o funcionamento das duas autoplataformas aéreas, equipamentos utilizados para combate a incêndio e resgate em locais de difícil acesso.
O veículo, que foi adquirido este ano pelo Governo do Estado, possui escada elétrica que alcança 55 metros o equivalente a um edifício de aproximadamente 18 andares, mas pode atingir um alvo de até 155 metros de altura, ou 41 andares, com o seu jato de água. O treinamento foi ministrado pelo capitão Tiago Aragão e o capitão Osvaldo Pontes.

Foram dadas informações sobre estabilização do veículo, manobras aéreas, operação de bomba hidráulica e procedimentos em situações de emergência. Conforme o capitão Osvaldo, os oficiais foram habilitados para coordenar os serviços na autoplataforma, mas não para atuar como operador ou condutor da máquina. Uma equipe já foi capacitada para fazer esse trabalho.

Ainda segundo o capitão, a autoplataforma possui ferramentas para operar em declives de até cinco metros abaixo do nível da viatura. “A crescente verticalização das cidades tornou esse equipamento essencial para nosso trabalho. Ele é utilizado tanto no sentido vertical positivo (para o alto) quanto negativo (para baixo)”, completou.

Atualmente, a Paraíba conta com duas viaturas do tipo autoplataforma aérea, consideradas as mais modernas em tecnologia para combate a incêndio e salvamento existentes no Brasil. Os veículos têm origem italiana e demandaram um investimento do Governo do Estado de R$ 6,5 milhões.

Fonte: http://portalcorreio.uol.com.br/

Top