Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

Homem foge da polícia levando como refém a filha de sete anos em Campina Grande

Um homem de 22 anos acusado de praticar um assalto reagiu à prisão e fugiu levando a filha de apenas 7 anos como refém e está foragido da polícia. O caso aconteceu, no final da tarde dessa terça-feira (29), no bairro de Santo Antônio, no município de Campina Grande, a 130 km de João Pessoa.

De acordo com as informações do Comandante Lívio, da Polícia Militar, os policiais estavam indo cumprir um mandado de prisão no bairro de Santo Antônio contra o acusado, que percebendo a movimentação no local, entrou em um veículo e conseguiu fugir. Na fuga ele levou como refém a menina.

Na perseguição a polícia atirou várias vezes e conseguiu estourar o pneu do veículo do acusado, mas ainda assim os policiais não conseguiram deter o acusado. O carro dele foi encontrado logo em seguida, estacionado em frente a supermercado localizado no bairro do Alto Branco. Segundo testemunhas, o homem teria pegado um táxi e tomado destino ignorado.

A polícia informou ainda que o rapaz tem passagem no Lar do Garoto por ter atirado em um policial e o mandato de prisão era referente a um assalto ocorrido a uma construtora em Campina Grande do qual ele teria participado. A polícia agora está efetuando diligências em busca do foragido.

Portal Correio

Jovem palestina de 16 anos relata no Twitter conflito em Gaza: 'sobrevivi 3 guerras, já chega!'

Uma jovem palestina de apenas 16 anos passou a documentar o mais recente conflito entre palestinos e israelenses na Faixa de Gaza por meio de mensagens, vídeos e fotos publicados em sua conta no Twitter.

Farah Baker mora em frente ao Hospital Al-Shifa, na cidade de Gaza, e convive diariamente com os barulhos de bombas e outros ataques e o medo de ser atingida, segundo o jornal "Daily Mail".

Nesta segunda-feira (28), uma bomba atingiu um campo de refugiados ao lado do hospital, matando dez palestinos, entre eles oito crianças. “Isso foi na minha área. Não posso parar de chorar. Eu posso morrer esta noite”, escreveu a jovem.

Em outra publicação, a adolescente colocou uma foto de sua irmã, ao lado da frase “Minha irmã de 6 anos já testemunhou três guerras!”. “Toda vez que minha irmã ouve um foguete caindo ela cobre seus ouvidos e começa a gritar enquanto chora para não ouvir a bomba”, disse em outro tuíte.

Farah publicou nos últimos dias diversos vídeos que mostram bombardeios na região, e relata como é sua rotina, com cortes de energia.

A adolescente também publica muitas fotos de vítimas. Em uma delas, mostra o que seria o fragmento do cérebro de uma criança de 9 anos vítima dos combates, nas mãos de seu pai, que ela diz ser neurocirurgião.

Durante o breve cessar-fogo do último sábado (25), a jovem demonstrou sua alegria ao poder sair de casa com menos risco de ser atingida por um bombardeio. “Vou andar até eu ficar exausta e sentir falta de casa”, escreveu.

adolescente publica fotos e vídeos no Twitter de bombardeios que ela testemunha da janela de sua casa em Gaza (Foto: Reprodução/Twitter/Farah_Gazan) .

G1 

Continua propaganda na internet com Tiririca

O juiz auxiliar Caduro Padin negou o pedido de liminar da PRE-SP (Procuradoria Regional Eleitoral em São Paulo) que pedia a retirada da internet da publicidade do site bomnegocio.com estrelada pelo deputado federal Tiririca, Francisco Everardo Oliveira Silva.


A decisão revoga liminar concedida anteriormente que havia tirado a peça publicitária do ar, incluindo a internet. O juiz já havia determinado anteriormente a suspensão da propaganda nas rádios e canais de televisão, acolhendo pedido de liminar do PR (Partido da República), ao qual o deputado é filiado.


A Procuradoria Regional Eleitoral, então, fez representação contra o PR, o deputado e o Google sustentando que, mesmo após a liminar, persistia a veiculação na internet do comercial.


Contudo, na análise de mérito do caso, o magistrado consignou que a pretensão de extensão das restrições impostas ao rádio e à TV também à internet diante da legislação eleitoral vigente não é possível.


Na representação ajuizada pela PRE-SP, com pedido de liminar, a procuradora eleitoral auxiliar Adriana Scordamaglia argumenta que o comercial na internet, que está disponível no youtube e no site da empresa, fere os princípios de igualdade e isonomia entre candidatos nas eleições de 2014. Tiririca é candidato à reeleição. Na propaganda, ele diz na propaganda: “Larga Mocreia excelentíssimo abestado, fica sendo mandado por essa mulher véia, nojenta, véia, eu adoro balada, vamo pra balada”.


“O dever de dar tratamento isonômico ou vedação de dar tratamento privilegiado devem ser observados somente pelas emissoras de rádio e televisão, a teor do caput do referido art. 45 da Lei das Eleições.”


Ainda de acordo com a decisão, o conteúdo da peça publicitária não revela caráter de propaganda eleitoral pelo uso do bordão "abestado", e inclusive citou que anúncios similares com o uso de bordões já foram estrelados por outros artistas para o mesmo site de vendas virtuais.


“Sendo assim não há como se acolher a alegação da representante de que se trata de propaganda eleitoral paga (vedada pelo art. 57-C, caput, da Lei das Eleições) pelo representado Tiririca visando dar maior visibilidade à sua candidatura. Aqui é comercial e exercício profissional, sem alusão eleitoral.”


Uol

Jovem é socorrido em estado grave após tentativa de homicídio e chega a óbito na UPA em TIBIRI na cidade de Santa Rita

No inicio da noite desta terça-feira (29), um jovem sofreu uma tentativa de homicídio na rua Bom Jesus no bairro de Tibiri II na cidade de Santa Rita.

De acordo com as primeiras informações policiais, a vitima foi socorrido em estado grave não ressitindo os ferimentos chegando a óbito na UPA em Tibibi II.













Bayeux Jovem

Incêndio na capital líbia fica fora de controle

O imenso incêndio em tanques de combustível perto do aeroporto internacional de Trípoli, provocado por ataques de foguetes por parte de rebeldes, está fora de controle, ao mesmo tempo que os combates entre milícias rivais foram retomados na área, disse nesta segunda-feira um porta-voz da Companhia Petrolífera Nacional da Líbia.
"Está fora de controle. O segundo tanque foi atingido e os bombeiros se retiraram do local, já que os combates foram retomados na área", disse o porta-voz da empresa, Mohamed Al-Harrai, à Reuters.
Um foguete acertou um tanque armazenamento de combustível durante uma caótica batalha pelo controle do aeroporto de Trípoli, a qual não conseguiu impedir voos internacionais para a Líbia.
Governos estrangeiros têm acompanhado impotentes a situação, à medida que a anarquia se espalha pelo país do norte africano, três anos após bombardeios da Otan terem ajudado a depor o ditador Muammar Gaddafi.
Esses governos ocidentais vêm pedindo que seus cidadãos deixem a Líbia e estão retirando seus diplomatas do país, após duas semanas de confrontos entre facções rivais terem matado 160 pessoas em Trípoli e na cidade de Benghazi, leste do país.
Holanda, Filipinas e Áustria se preparavam, nesta segunda-feira, para retirar seu pessoal diplomático. Os Estados Unidos, a Organização das Nações Unidas e a Turquia já encerraram suas operações nas embaixadas após o pior episódio de violência desde o levante de 2011.
Duas brigadas rivais de ex-rebeldes que lutam pelo controle do Aeroporto Internacional de Trípoli estão disparando uma da outra, utilizando foguetes Grad, fogo de artilharia e canhões há duas semanas, transformando o sul da capital em um campo de batalha. Nos três tumultuados anos desde a queda de Gaddafi, o frágil governo da Líbia e seu fraco poder militar não foram capazes de controlar os grupos que combateram o ditador, que se recusam a entregar as armas e continuam a dominar as ruas. A Líbia tem apelado por ajuda internacional para evitar que o país entre em colapso.
Parceiros ocidentais temem que o caos se espalhe para além das fronteiras, à medida que contrabandistas de armas e militantes se beneficiam do tumulto. No vizinho Egito, o presidente Abdel Fattah al-Sisi repetidamente alertou sobre militantes que ganhavam com o caos na Líbia e estabelecem bases na fronteira entre os dois países. Após a retirada do pessoal dos Estados Unidos, o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, disse que a violência dos militantes era um risco real para os diplomatas do país.
O diplomata dos EUA Chris Stevens foi morto por militantes, com três outras pessoas, em Benghazi, em setembro de 2012.

Paraiba.com

Acidente de trabalho: Funcionário de empresa terceirizada é morto em Fábrica de Cimento,assista ao vídeo

Um funcionário de uma empresa que presta serviço a Elizabeth Cimentos, na zona rural de Alhandra morreu após ser atingido por uma viga no canteiro de obras.


Informações contam de que uma peça despencou em cima dele quando trabalhava. O acidente ocorreu na tarde desta segunda-feira (28).

O funcionário morava no município de Goiana e prestava serviço à empresa MCM.

Até o momento, a morte do funcionário não foi confirmada pelo Hospital de Trauma em João Pessoa.

Pbagora

Hollande declara 3 dias de luto por queda de avião da Air Algerie

O presidente da França, François Hollande, ordenou que bandeiras em prédios públicos na França sejam hasteadas a meio mastro por três dias a partir de segunda-feira, após a morte de 118 pessoas incluindo 54 franceses na queda de um avião da Air Algerie em Mali.

Hollande, que se encontrou com parentes das vítimas por três horas durante a tarde deste sábado, disse que todos os corpos serão transportados à França e que garantirá que as famílias possam, em algum ponto, viajar ao local do incidente para ajudá-las a lidar com o luto.

"Uma lápide será erguida para que ninguém esqueça que nessa terra, nesse local, 118 pessoas morreram", disse Hollande em pronunciamento transmitido pela televisão, o terceiro sobre o desastre aéreo em três dias.

Ele confirmou que as indicações iniciais eram de que o clima ruim foi a causa mais provável da queda, mas adicionou que não descarta qualquer outra explicação neste momento. Duas investigações separadas estão em andamento, disse.

A Organização das Nações Unidas (ONU) informou neste sábado que seus especialistas localizaram a segunda caixa-preta do voo AH5017 que caiu no país da África Ocidental nesta semana.

Reuters

Top