Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

Anatel cobra transparência de operadoras sobre cobrança da internet móvel

Conforme a Anatel, as regras do setor permitem às empresas adotar várias modalidades de franquias e de cobranças, entretanto, qualquer alteração em planos deve ser comunicada ao usuário
Reprodução
Imagem Ilustrativa
A Agência Nacional de Telecomunicações convocou as operadoras de telefonia celular para pedir explicações sobre mudanças na forma de cobrança da internet móvel. Segundo o presidente da agência, João Rezende, a prestação de informações ao usuário, antes da alteração, deve ser prioridade. “Temos de observar o regulamento de defesa do consumidor e olhar claramente a questão da transparência. Todas as empresas deverão ter um sistema para avisar o usuário”, disse.

A operadora de telefonia Vivo já anunciou que mudará, a partir de novembro, a forma de cobrança da internet pelo celular para clientes de pacotes pré-pagos. Quando o pacote de dados contratado pelo cliente acabar, ele terá de pagar um adicional para continuar navegando. Atualmente, quando a franquia chega ao fim, a velocidade de navegação é reduzida, mas o usuário não tem custo excedente. A partir de 6 de novembro, a mudança vale inicialmente para clientes do Rio Grande do Sul e de Minas Gerais, mas, nos próximos meses, poderá ser estendida para outras regiões.

Conforme a Anatel, as regras do setor permitem às empresas adotar várias modalidades de franquias e de cobranças. Entretanto, o Regulamento Geral de Direitos do Consumidor de Serviços de Telecomunicações determina que qualquer alteração em planos de serviços e ofertas deve ser comunicada pela prestadora ao usuário, com antecedência mínima de 30 dias.

Diretor da Anatel, Rodrigo Zerbone revelou que a Vivo já informou a agência sobre a mudança. “O que exigimos é que o cliente seja informado, mesmo que a alteração já esteja prevista no contrato”, salientou. Explicou que, caso a empresa não avise no prazo previsto, poderá ser multada.

Por enquanto, a mudança não vale para clientes da Claro, TIM e Oi. Para a TIM, mudanças no formato de tarifação de dados móveis são um movimento natural, mas a operadora informou que não prevê qualquer ajuste na cobrança, mas segue avaliando as diferentes possibilidades.

A Oi considera o fim da velocidade reduzida, aliada ao novo modelo de cobrança por pacotes adicionais, uma tendência mundial. A operadora avalia com atenção a estratégia. A Claro não informou se mudará, mas garantiu que seus clientes, após o encerramento da franquia, podem escolher entre contratar pacotes adicionais ou navegar com velocidade reduzida.

Fonte: http://portalcorreio.uol.com.br/

Idoso da PB compra 10 iPhones pela internet, mas recebe coco e refrigerante

Segundo a Delegacia de Defraudações de João Pessoa, pelos aparelhos, ele pagou o valor de R$ 18,1 mil, sendo que já havia depositado R$ 8 mil.
Reprodução/ TV Correio
Produtos vieram na caixa via Sedex
Um idoso de 70 anos entrou para a lista das vítimas dos golpes na internet. Ele comprou dez celulares do modelo iPhone 6 ( recém lançado) em um conhecido site de compras, mas recebeu em casa uma caixa contendo um coco e uma garrafa de refrigerante. O caso foi notificado nessa terça-feira (21), na 12ª Delegacia Distrital, no bairro de Manaíra, em João Pessoa. Pelos aparelhos, ele pagou o valor de R$ 18,1 mil, sendo que já havia depositado R$ 8 mil.

De acordo com Iumara Gomes, delegada titular de Defraudações de João Pessoa, o adolescente, filho do aposentado, viu a promoção dos aparelhos no site e conversou com o pai sobre o baixo custo e a rentabilidade que teriam com a compra.

“O pai viu o preço e comprou no dia 18 de outubro. No dia 20, quando a caixa enviada pelo Sedex foi aberta, as pessoas encontraram um coco verde e uma garrafa pet de refrigerante”, revelou a delegada.

Segundo o delegado Lucas Sá, que vai investigar o caso, foi paga uma quantia de R$ 8 mil e a outra parte foi parcelada. “Para a compra ser efetivada e as pessoas receberem os iPhones 6 em casa, elas pagaram R$ 8 mil de entrada e parcelaram o restante do valor”.

O remetente forneceu um endereço falso como se morasse no município de Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro. O caso será investigado pela Polícia Interestadual do Rio, a Polinter.

Fonte: http://portalcorreio.uol.com.br/

Médicas param carro na BR e são baleadas em tentativa de assalto, no Norte da Paraíba

Acompanhadas de uma terceira pessoa, elas conseguiram escapar até um posto da PRF em Bayeux, já na Grande João Pessoa, onde pediram ajuda
Divulgação
Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa
Duas médicas foram baleadas no fim da tarde desta quinta-feira (22) na entrada de Capim de Mamanguape, na BR-101/Norte. Inicialmente, a polícia descreveu o crime como tentativa de assalto.

A Polícia Militar informou que as vítimas viajavam do Rio Grande do Norte para a Paraíba e teriam parado o carro no acostamento da BR-101, no trecho que dá acesso a Capim de Mamanguape.

Elas saíram do automóvel e acabaram abordadas por um bandido, que estava escondido em um matagal. Ao ver o criminoso, as vítimas reagiram e correram de volta para o carro. O bandido atirou e os disparos acabaram atingindo as duas, no braço e no abdome.

Acompanhadas de uma terceira colega, elas conseguiram escapar até um posto da PRF em Bayeux, já na Grande João Pessoa, onde pediram ajuda. As equipes de resgate da PRF socorreram as vítimas feridas e as levaram para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, na Capital.

O estado de saúde das duas não foi divulgado pelo hospital, mas, segundo a PM, elas não tiveram ferimentos graves. Até as 18h desta quinta-feira (23) ninguém havia sido preso.

Fonte: http://portalcorreio.uol.com.br/

Juíza determina apreensão de material que vincula RC a Reginaldo Pereira

A juíza da 2ª Zona Eleitoral de Santa Rita, Lilian Frassinetti C. Cananea Moreira, determinou a imediata apreensão de material de propaganda irregular distribuído com o propósito de difundir notícia atribuída ao governador Ricardo Coutinho (PSB), candidato à reeleição pela coligação 'A Força do Trabalho'.

Sem apresentar qualquer identificação do responsável pela confecção do material, a propaganda traz a informação de que, em caso de reeleição do governador Ricardo Coutinho, o ex-prefeito Reginaldo Pereira (PRP) voltaria à Prefeitura de Santa Rita.

“Além da divulgação ser apócrifa, a mesma estava ocorrendo de maneira maciça, inclusive com informações de que eles seriam distribuídos em todas as escolas que abrigam as seções eleitorais em Santa Rita, configurando um verdadeiro derrame de material de propaganda irregular, distorcendo a realidade”, observou o advogado Fábio Brito, coordenador jurídico da coligação 'A Força do Trabalho'.

“Diante do prejuízo à candidatura de Ricardo Coutinho, a magistrada determinou ainda que a decisão fosse encaminhada para o Comando do 7º Batalhão da Polícia Militar para que coíba e proíba todo e qualquer material de propaganda irregular, em qualquer lugar que esteja sendo distribuído, bem como os responsáveis por sua confecção e distribuição”, acrescentou o advogado.

Portal Correio

Helicóptero é usado para localizar ladrões de celulares no Centro de João Pessoa

De acordo com o tenente Diórgenes Sousa, do 1º Batalhão de Polícia Militar, os suspeitos são dois homens que levaram 50 celulares
Divulgação/ Governo do Estado
Helicóptero participou da procura aos suspeitos
O helicóptero Acauã, que pertence ao Governo da Paraíba, foi acionado no final da manhã desta quarta-feira (22), para ajudar a capturar dois homens que roubaram cinquenta celulares de uma loja de eletrodomésticos no Centro de João Pessoa.

De acordo com o tenente Diórgenes Sousa, do 1º Batalhão de Polícia Militar, por volta das 11h40, a PM foi comunicada que dois homens chegaram em uma motocicleta foram até o balcão e anunciaram o assalto.

“Os homens levaram cinquenta celulares que estavam na prateleira. Eles fugiram em uma motocicleta. Assim que fomos comunicados, o helicóptero foi acionado e fez varredura em toda a região. A aeronave ficou em cima da loja poucos minutos depois”, confirmou o tenente.

Ainda segundo oficial, além da aeronave, policiais em viaturas também fizeram uma inspeção, mas até às 12h30, os suspeitos nem os equipamentos foram localizados.

Fonte: http://portalcorreio.uol.com.br/

Enem: Candidatos podem acessar cartões de confirmação a partir da segunda

Cartões também serão enviados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) via correios
Imagem Ilustrativa - Reprodução
Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014 poderão conferir seus cartões de confirmação de inscrição a partir da próxima semana. O sistema de consulta ao cartão estará disponível na página do exame na internet na segunda-feira, dia 27. Para acessá-lo, é preciso informar CPF e senha para conferir e imprimir o documento.

A partir dessa data, os cartões enviados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) via correios também começarão a chegar aos endereços informados no ato de inscrição pelos participantes.

Os cartões de confirmação apresentam os dados pessoais do participante – nome; cadastro de pessoa física (CPF); número de inscrição no Enem; data, hora e local de realização das provas; opção de língua estrangeira (inglês ou espanhol), necessidade de atendimento especializado ou específico (quando houver) e indicação de solicitação de certificação do ensino médio (se for o caso).

Em casos de cartões devolvidos, o Inep entra em contato com os participantes por meio de SMS e mensagem eletrônica, por celular e e-mail informados ao instituto no ato da inscrição. Quem não receber o cartão, não conseguir imprimi-lo pela internet ou constatar erro no documento, deve entrar em contato com o atendimento ao participante, pelo telefone 0800 61 61 61.

O número de inscritos no Enem 2014 cresceu 21,6% em relação ao ano passado, chegando a 8.721.946 participantes. As provas serão aplicadas dias 8 e 9 de novembro próximo, em todas as unidades da Federação e no Distrito Federal e municípios, às 13h, horário oficial de Brasília.

No primeiro dia, os participantes terão quatro horas e 30 minutos para fazer as provas de ciências humanas e suas tecnologias e ciências da natureza e suas tecnologias, cada uma com 45 questões. No segundo dia, serão cinco horas e 30 minutos para responder as 45 questões de linguagens, códigos e suas tecnologias e as 45 de matemática e suas tecnologias, além de fazer a prova de redação.

A nota obtida no Enem é critério de acesso à educação superior, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e do Programa Universidade para Todos (ProUni). É também requisito para obtenção do benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), participação no programa Ciência sem Fronteiras e em seleções para bolsas de graduação-sanduíche da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Com a nota, o estudante também pode se candidatar a vagas gratuitas de cursos técnicos oferecidos pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). Estudantes maiores de 18 anos podem obter a certificação do ensino médio por meio do exame.

Fonte: http://portalcorreio.uol.com.br/

Aluno faz pancadaria ao fingir ser doente mental e provoca correria em faculdade da Paraíba

Estudante que viu o caso disse que encenação fazia parte de uma aula de Psicologia, mas não teria sido avisada em todas as turmas; alunos pensaram que era um arrastão e a correria acabou com três grávidas socorridas
Unesc - Reprodução
Uma simulação de estudantes do curso de Psicologia da União de Ensino Superior de Campina Grande (Unesc) terminou em confusão e correria na noite dessa terça-feira (21). Grávidas passaram mal e tiveram que ser socorridas para o hospital por ambulâncias do Samu.

De acordo com o estudante Juan Pablo, estava ocorrendo uma aula no curso de Psicologia onde alunos simulavam pessoas com problemas de saúde mental. Em determinado momento, um dos estudantes saiu da sala correndo e destruindo móveis. A ação dele foi interpretada como se estivesse ocorrendo um assalto do tipo arrastão.

“Foi uma correria geral na faculdade. O aluno estava encenando um doente mental e saiu quebrando tudo na universidade. Houve um tumulto generalizado pelos corredores provocando pânico, pois todos pensávamos que se tratava de um arrastão. Eu saí da sala juntamente com um professor, que é bombeiro militar e estava armado, para prender o suposto assaltante”, conta o estudante.

Ainda conforme Juan Pablo, o estudante encenou que iria pular do primeiro andar, mas foi segurado por ele. “Segurei o rapaz pensando que ele iria se jogar, mas aí descobrimos que se tratava de uma aula prática. Não fomos avisados sobre o procedimento, o que foi repudiado por outros alunos”.

Devido ao susto, grávidas passaram mal e foram socorridas pelo Samu para o Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (Isea) de Campina Grande. Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Saúde da Prefeitura Municipal de Campina Grande, duas gestantes foram levadas para o Isea onde passaram por atendimento e foram liberadas. A terceira gestante foi atendida na faculdade.

O Portal Correio tentou por toda a manhã fazer contato com a direção da Unesc, mas ninguém foi localizado para falar sobre o caso.

Fonte: http://portalcorreio.uol.com.br/

Top