Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

Policiais trocam tiros com bando que se escondia em acampamento no Litoral Sul

Esta é mais uma ocorrência do tipo em menos de um mês na região de Pitimbu; um dos objetivos da operação é prender o bandido conhecido como o 'chefe do cangaço' local

Acampamento localizado em julho - Polícia Civil
Uma operação de busca, apreensão e prisão, promovida pela Polícia Civil do Litoral Sul da Paraíba, deflagrada na manhã desta quinta-feira (21), localizou três acampamentos de bandidos suspeitos por roubos e homicídios. Os agentes chegaram a um grupo de cinco homens, dentre os quais estava Samuel, vulgo ‘Samuca’, que seria o ‘chefe do cangaço’ no local. Houve troca de tiros e apenas um membro do grupo foi detido.


o delegado Aneilton Castro, responsável pela seccional da PC do Litoral Sul, os acampamentos foram localizados nos assentamentos ‘Nova Vida’ e ‘Apasa’, ambos na Zona Rural da cidade de Pitimbu, a 68 km de João Pessoa.


Leia mais Notícias no Portal Correio

“Após a troca de tiros, alguns bandidos conseguiram fugir e entraram na mata. A polícia está fazendo o cerco ao local no intuito de capturá-los”, disse o delegado, acrescentando que a operação segue em curso e ainda não existem detalhes mais conclusivos.

Até agora, segundo Castro, foi apreendida uma moto roubada e certa quantidade de entorpecentes, mas ainda não há informações quanto à natureza da droga e qual o valor da mesma.

Fonte: http://portalcorreio.uol.com.br/

Bancos são multados em R$ 6 milhões por falhas na segurança das agências

Principais infrações cometidas pelos bancos foram equipamentos inoperantes, número insuficiente e falta de rendição de vigilantes no horário de almoço

102ª CCASP - Divulgação
Treze bancos foram multados em R$ 6,071 milhões nessa quarta-feira (20) por falhas na segurança de agências e postos de atendimento bancário. As multas foram aplicadas pela Polícia Federal e anunciadas na 102ª reunião da Comissão Consultiva para Assuntos de Segurança Privada (CCASP), em Brasília. O Banco do Brasil foi pela quarta vez consecutiva o mais punido, com multas de R$ 2,114 milhões, seguido do Santander com R$ 1,250 milhão, do Itaú com R$ 975 mil, do Bradesco com R$ 863 mil e da Caixa Econômica Federal com R$ 395 mil.

Leia mais Notícias no Portal Correio


As principais infrações cometidas pelos bancos foram equipamentos inoperantes, número insuficiente e falta de rendição de vigilantes no horário de almoço, transporte de valores feito por bancários, inauguração de agências sem plano de segurança aprovado pela PF e cerceamento a policiais federais para fiscalizar estabelecimentos dos bancos, entre outras.

Estiveram em pauta 544 processos contra bancos, todos movidos pelas delegacias estaduais de segurança privada (Delesp), por causa do descumprimento da lei federal nº 7.102/83 e das portarias da Polícia Federal. Houve também punições contra empresas de segurança, transportes de valores e cursos de formação de vigilantes. A reunião foi presidida pela delegada Silvana Helena Vieira Borges, titular da Coordenadoria-Geral de Controle de Segurança Privada (CGCSP).

Multas por banco:

Banco do Brasil - R$ 2.114.893,43
Santander - R$ 1.250.415,40
Itaú - R$ 975.504,10
Bradesco - R$ 863.744,87
Caixa - R$ 395.864,35
Banrisul - R$ 199.355,94
HSBC - R$ 154.306,21
Banco da Amazônia - R$ 42.568,26
Banco Rural - R$ 21.284,13
Banco do Nordeste - R$ 21.282,00
Alfa - R$ 10.642,06
Mercantil do Brasil - R$ 10.642,06
Safra - R$ 10.642,06

Total: R$ 6.071.144,87

Fonte: http://portalcorreio.uol.com.br/

Barcelona não poderá contratar jogadores no próximo ano

Clube rompeu regras ao negociar com estrangeiros menores de idade

Neymar - Reprodução
Através de comunicado oficial, a Fifa anunciou na manhã desta quarta-feira (20) que o Barcelona está proibido de contratar qualquer jogador durante o ano de 2015. Trata-se de uma punição ao fato de o clube espanhol ter rompido as regras da entidade e negociado com atletas estrangeiros menores de idade nos últimos anos.

Leia mais notícias de Esportes no Portal Correio

A decisão de punir o Barça havia sido tomada no começo de abril, mas o time de Neymar entrou com um recurso e, enquanto aguardava o resultado, pôde ir ao mercado – entre os jogadores contratados está o atacante Luis Suárez, destaque da última temporada europeia e que se notabilizou fora do esporte ao morder o italiano Giorgio Chiellini durante uma partida da Copa do Mundo.

O recurso, porém, foi julgado improcedente pela Fifa e o Barça não poderá inscrever novos jogadores durante as próximas duas aberturas da janela de transferências, a do começo e do meio de 2015. Assim, o time terá que recorrer ao atual elenco e às categorias de base em caso de necessidade.

Além disto, o Barcelona terá que pagar uma multa de cerca de R$ 1,109 milhão e possui um prazo de 90 dias para regularizar a situação dos menores de idade de seu elenco. Já a Federação Espanhola de Futebol tomou uma multa de R$ 1,232 milhão.

Fonte: http://portalcorreio.uol.com.br/

UPA do Valentina será entregue em JP; unidade deve atender mais de 200 mil pessoas

Deverão ser realizados cerca de 400 atendimentos na unidade, com funcionamento todos os dias, durante 24 horas; ato de entrega faz parte das ações em comemoração aos 429 anos de João Pessoa

UPA do Valentina Figueiredo, em JP - Divulgação/Secom-JP
A Unidade de Pronto Atendimento Célio Pires de Sá, conhecida como a UPA do Valentina Figueiredo, será entregue nesta quinta-feira (21), às 10h, pela Prefeitura Municipal de João Pessoa. O local inaugurado deve ampliar e qualificar a rede de atendimento de urgência e emergência da Capital, beneficiando cerca de 200 mil pessoas. O ato de entrega faz parte das ações em comemoração aos 429 anos de João Pessoa.

Leia mais Notícias no Portal Correio

A UPA vai atender, principalmente, a população dos bairros da Zona Sul de João Pessoa. Com um investimento de R$ 3,2 milhões e 2,2 mil metros quadrados de área, a unidade contará com seis consultórios, sala de medicação, serviço de raio-X, laboratório de coletas, sala de gesso, farmácia e uma base para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

De acordo com a Secretaria de Saúde, por dia, deverão ser realizados cerca de 400 atendimentos na unidade, com funcionamento todos os dias, durante 24 horas.

A unidade poderá reduzir a sobrecarga de atendimentos no Hospital do Valentina e no Complexo Hospitalar de Mangabeira Governador Tarcísio Burity (Ortotrauma).

Fonte: http://portalcorreio.uol.com.br/

Cabo da Polícia Militar é condenado a 14 anos de prisão por morte da ex-mulher na PB

Crime ocorreu há nove anos, na cidade de Sousa; conselho de sentença determinou que o assassinato ocorreu por motivo fútil e o réu agiu de surpresa

PM durante o julgamento - Reprodução/Diário do Sertão
Um cabo da Polícia Militar, acusado de assassinar a ex-mulher há nove anos em restaurante na cidade de Sousa, a 438 km de João Pessoa, foi condenado a 14 anos de reclusão em júri no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil daquela cidade.

Leia mais Notícias no Portal Correio

A sentença concluiu que o militar matou a ex-companheira com tiro na cabeça. Por 4 votos a 3, o conselho de sentença determinou que o assassinato ocorreu por motivo fútil e o réu agiu de surpresa, impossibilitando defesa da vítima. Além disso, o acusado não tinha autorização para possuir arma de fogo.

O Juiz da 1ª Vara da Comarca de Sousa, José Normando Fernandes, determinou a perda do cargo público do policial. O magistrado também concedeu ao réu o direito de recorrer em liberdade, por não existirem novos fatos que justifiquem a decretação da prisão preventiva do mesmo.

O advogado do PM, Ozael da Costa Fernandes, disse que não esperava a condenação de seu cliente e que irá recorrer da decisão, se necessário, até o Supremo Tribunal Federal.

Fonte: http://portalcorreio.uol.com.br/

Justiça do Espírito Santo proíbe aplicativo Secret no Brasil





Depois de muita polêmica (e muitos segredos revelados), o aplicativo Secret acaba de ser proibido no Brasil. A decisão veio do Tribunal de Justiça do Espírito Santo, que acolheu a ação civil do Ministério Público Estadual.

Segundo a “proibição”, comandada pelo juiz Paulo César de Carvalho da 5ª Vara Cível de Vitória, o aplicativo deverá ser retirado das lojas online brasileiras por ferir o artigo 5º da Constituição Federal, que determina ser “livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato”.

Em caráter liminar, a decisão diz que o Google, a Apple e a Microsoft têm dez dias para retirar o Secret de suas servidores brasileiros a partir da data em que forem notificadas - lembrando que elas podem recorrer da decisão. Não foi informado, no entanto, o que acontecerá com quem já tiver o aplicativo instalado.

Apesar da decisão ter ocorrido apenas no Espírito Santo, a assessoria do Tribunal de Justiça do estado explicou que a impossibilidade de retirada do app somente de um local faz com que a liminar valha para todo o Brasil.

Procurado pela imprensa brasileira, a empresa responsável pelo Secret não se manifestou sobre o assunto.


Depois de muita polêmica (e muitos segredos revelados), o aplicativo Secret acaba de ser proibido no Brasil. A decisão veio do Tribunal de Justiça do Espírito Santo, que acolheu a ação civil do Ministério Público Estadual.
Segundo a “proibição”, comandada pelo juiz Paulo César de Carvalho da 5ª Vara Cível de Vitória, o aplicativo deverá ser retirado das lojas online brasileiras por ferir o artigo 5º da Constituição Federal, que determina ser “livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato”.
Em caráter liminar, a decisão diz que o Google, a Apple e a Microsoft têm dez dias para retirar o Secret de suas servidores brasileiros a partir da data em que forem notificadas - lembrando que elas podem recorrer da decisão. Não foi informado, no entanto, o que acontecerá com quem já tiver o aplicativo instalado.
Apesar da decisão ter ocorrido apenas no Espírito Santo, a assessoria do Tribunal de Justiça do estado explicou que a impossibilidade de retirada do app somente de um local faz com que a liminar valha para todo o Brasil.
Procurado pela imprensa brasileira, a empresa responsável pelo Secret não se manifestou sobre o assunto.


Depois de muita polêmica (e muitos segredos revelados), o aplicativo Secret acaba de ser proibido no Brasil. A decisão veio do Tribunal de Justiça do Espírito Santo, que acolheu a ação civil do Ministério Público Estadual.
Segundo a “proibição”, comandada pelo juiz Paulo César de Carvalho da 5ª Vara Cível de Vitória, o aplicativo deverá ser retirado das lojas online brasileiras por ferir o artigo 5º da Constituição Federal, que determina ser “livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato”.
Em caráter liminar, a decisão diz que o Google, a Apple e a Microsoft têm dez dias para retirar o Secret de suas servidores brasileiros a partir da data em que forem notificadas - lembrando que elas podem recorrer da decisão. Não foi informado, no entanto, o que acontecerá com quem já tiver o aplicativo instalado.
Apesar da decisão ter ocorrido apenas no Espírito Santo, a assessoria do Tribunal de Justiça do estado explicou que a impossibilidade de retirada do app somente de um local faz com que a liminar valha para todo o Brasil.
Procurado pela imprensa brasileira, a empresa responsável pelo Secret não se manifestou sobre o assunto.

Temor do vírus ebola freia turismo na África



O surto de ebola no oeste da África está assustando milhares de turistas que haviam planejado viagens ao continente este ano, especialmente asiáticos, e até mesmo para destinos a milhares de quilômetros das comunidades infectadas, como Quênia e África do Sul.

O ebola, uma febre hemorrágica que pode matar até 90 por cento dos infectados, já tirou mais de 1.200 vidas este ano na Libéria, em Serra Leoa e na Guiné, e também já se manifesta na Nigéria.

Embora não haja casos conhecidos fora deste epicentro, muitos turistas estão temerosos de viajar para qualquer parte da África por causa das preocupações com a disseminação da doença, relataram agentes turísticos no continente e na Ásia à Reuters nesta quarta-feira.

A maior parte dos cancelamentos vem da Ásia, que tem lidado com seus próprios problemas de saúde, mas visitantes dos Estados Unidos, Brasil e Europa também desistiram de seus planos ou adiaram viagens, disseram os agentes.

Uma delegação comercial brasileira cancelou uma viagem à Namíbia, no sul africano, este mês.

“Vimos um grande número de cancelamentos da Ásia, e os números de grupos que estão viajando são menores”, afirmou Hannes Boshoff, diretor-gerente da ERM Tours, sediada em Johanesburgo, que organiza viagens para países no sul da África.

“Muitos clientes veem a África como um único país. Tento dizer que os Estados Unidos e a Europa estão mais próximos do surto de ebola que a África do Sul.”

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou a epidemia uma “emergência de saúde pública de importância internacional” em 8 de agosto, desencadeando um alarme global e levando muitos países a reforças precauções e testes.

A intensa cobertura midiática ampliou os temores, embora não se tenha relatado nenhum caso de ebola fora dos quatro Estados africanos já afetados.

Além do turismo, o medo do ebola também está prejudicando as viagens de negócios e eventos de investimento na África, o que ameaça a imagem do continente como estrela econômica em ascensão.

A agência nacional de turismo South Africa Tourism procurou tranquilizar seus clientes. “A mensagem é: venha desfrutar a África do Sul, ela está totalmente livre do ebola”, disse Thulani Nzima, executivo-chefe da empresa, à televisão estatal.     

.terra.

Top